Jobim quer apressar aceitação de indicação para Anac

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, quer trabalhar para apressar a votação na Comissão de Infra-Estrutura do Senado do nome do brigadeiro de Allemander Pereira Filho para a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), na vaga deixada pelo coronel Jorge Velozo, que entregou o cargo na semana passada. Com isso, Jobim recomporia a direção da Anac e teria os três integrantes da Agência para permitir que ela funcione sem qualquer tipo de impedimento legal, já que a regra é que são necessários pelo menos três diretores efetivos para que ela possa deliberar sobre novas questões. Com a aprovação do nome de Allemander Pereira Filho, o ministro ganharia tempo para escolher o substituto de Denise Abreu, primeira a deixar o cargo, e de Leur Lomanto, que se afastou ontem. Com isso, também poderia trabalhar melhor para escolher o novo presidente da Agência, para o lugar de Milton Zuanazzi, que ainda resiste a entregar seu cargo. O governo espera ainda o pedido de afastamento de Joseph Barat, outro diretor da agência, que já sinalizou que, quando houver necessidade, não será empecilho para deixar a função.

TÂNIA MONTEIRO, Agencia Estado

07 Setembro 2007 | 17h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.