Jobim se exclui de cerimônia e nem é citado em discurso

O ex-ministro Nelson Jobim não compareceu à solenidade de ontem no Ministério da Defesa. Desde sexta-feira, Jobim havia informado o governo que não iria participar da cerimônia de transmissão de cargo.

, O Estado de S.Paulo

09 Agosto 2011 | 00h00

Ontem pela manhã, alegou uma suspeita de dengue para não ir à solenidade. Ele estaria aguardando os resultados de exames a que se submeteu. Jobim teria contraído a doença durante a viagem da semana passada ao Amazonas - último compromisso oficial antes de sua demissão.

Já a presidente Dilma Rousseff não citou o nome do ex-ministro durante seu discurso. Mais: ao apresentar o sucessor de Jobim, Celso Amorim, falou de sua moderação em manifestações públicas, método na atividade como homem público e, sobretudo, disciplina e respeito à hierarquia. Os elogios foram entendidos como uma alfinetada no ex-ministro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.