AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Jogador de futebol é morto a tiros no Rio

O jogador de futebol Cleonicio dos Santos Silva, de 28 anos, que atuava no clube suíço Zurique, morreu nesta segunda-feira com três tiros de pistola após tentar escapar de um assalto na Avenida Brasil, uma das mais principais vias expressas do Rio de Janeiro. A ação ocorreu por volta da meia-noite . Ele chegou a ser levado para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu aos ferimentos. A namorada do atleta, Silvana Leal Buriti, de 27 anos, que estava com ele no carro, foi baleada de raspão na nuca.O casal estava em uma picape Pajero, quando um Golf preto, com três homens, tentou assaltar outro veículo, que se refugiou em um motel. Silva e Silvana tinham acabado de sair do West Shopping, na zona oeste. Frustrados, os assaltantes passaram a perseguir o carro de Silva, que acelerou próximo à Favela da Carobinha, também na zona oeste. Um dos criminosos, que estava no carona, disparou pelo menos quatro tiros. O carro, desgovernado, caiu em uma ribanceira.O jogador foi atingido na cabeça, na barriga e no braço. Silvana foi baleada e, em seguida, levada para o Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, onde foi atendida. De acordo com os médicos, ela passa bem. Em depoimento à polícia, Silvana declarou que Silva direcionou o carro à ribanceira para salvar a sua vida. A polícia ainda não sabe de onde eram os criminosos. Silva começou a carreira nas categorias de base do Campo Grande, tornando-se profissional em 1996, aos 20 anos. Depois se transferiu para o Foz do Iguaçu e, em 1997, acertou contrato com o Atlético-PR, onde ficou três anos. Nessa época, descobriu-se que o atleta tinha duas identidades: na carteira falsa, como Renato, cujo nascimento estava registrado em 1979; e a original, como Cleonicio, nascido em 1976.Em 1999, teve uma rápida passagem pelo futebol chinês e retornou ao Brasil para jogar no Botafogo. Vestiu a camisa do Alvinegro por um ano e, em janeiro de 2001, foi contratado para defender o Zurique, da Suíça. No ano passado, ele se machucou e ficou afastado dos gramados por um ano.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2004 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.