Jornalista do <i>NYT</i> aconselha: ´Não vão ao Rio´

O jornalista americano Joe Sharkey, um dos passageiros do jato Legacy que se chocou com o Boeing da Gol no fim de setembro, causando a morte de 154pessoas, afirmou em seu blog nesta quarta-feira, 22, que os turistas que querem vir ao Brasil devem cancelar sua viagem.No post de hoje, intitulado "Estúpidos na parada", Sharkey, que escreve no jornal The New York Times, voltou a criticar a atitude do governo brasileiro de manter os pilotos Joe Lepore e Jan Paladino detidos no País. Para ele, os comandantes estão sofrendo preconceito por serem americanos.Segundo o jornalista, os brasileiros deveriam se ocupar mais na absolvição dos pilotos em vez de culpá-los. "Isso é um tema constante entre os estúpidos no Brasil (...), que estão somente interessadas em usar ironia barata a serviço da histeria antiamericana." Porém, ele acrescenta que, mesmo assim, está recebendo várias mensagens de "brasileiros inteligentes que estão assustados" com o desvio que a investigação do acidente sofreu.Sharkey, então, faz um breve relato de como andam as investigações no Brasil, cita a crise dos controladores de vôo - que causou caos na maioria dos aeroportos do País - e recomenda aos turistas: "Se vocês estão planejando uma viagem ao Rio, aconselho: Não vão".LulaNo mesmo post, as bravatas do jornalista não se restringem apenas ao ministro da Defesa, Waldir Pires - muito criticado por ele nos últimos dois meses -, e respingam até no presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Casualmente, eu noticiei que o presidente brasileiro, Luis (sic) Inácio Lula da Silva, esteve muito, muito distante desta bomba fedorenta. Logo após a histeria começar, o sortudo Lula estava confortavelmente sendo reeleito."Abaixo desta afirmação, o jornalista publica uma carta enviada recentemente ao Palácio do Planalto pela "National Business Aviation Association" (NBAA - associação nacional de aviação de negócios, com sede em Washington) em que seu presidente e CEO, Ed Bolen, exige o retorno dos pilotos aos EUA."Impedir os pilotos de retornarem aos Estados Unidos não é nem apropriado ou benéfico para a investigação." Por isso, a NBAA deseja de Lula a "imediata intervenção neste caso, para que os pilotos possam retornar ao lar em tempo para as festas", acrescenta Bolen, que termina a carta agradecendo a assistência do presidente "neste assunto extremamente importante".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.