Jornalista Pimenta Neves é solto

O jornalista Antônio Marcos Pimenta Neves deixou, por volta das 14h30 de hoje, o 13º Distrito Policial da Casa Verde, na zona norte da capital, onde estava preso desde o dia 20 de fevereiro. Ontem, o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar em habeas-corpus determinando a libertação do jornalista. Pimenta Neves foi preso preventivamente em 24 de agosto de 2000 pelo assassinato de Sandra Gomide, em Ibiúna (SP), ocorrido quatro dias antes. Pela decisão, ele deverá ficar solto pelo menos até o julgamento do mérito do habeas-corpus. Segundo os advogados, o jornalista deve seguir para casa de familiares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.