Jornalistas debatem no Paraguai futuro da mídia

O 17.º Fórum Euro-latino-americano de Comunicação - Desenvolvimento e Transparência começa hoje em Assunção (Paraguai) e terá como um dos principais focos o papel da América Latina no cenário de crise político-econômica global, sobretudo na Europa.

O Estado de S.Paulo

24 Outubro 2011 | 03h03

Até quarta-feira, jornalistas, políticos e acadêmicos falarão sobre o futuro da mídia e da sociedade dos dois continentes. Eugênio Bucci, professor da Escola de Comunicação da Universidade de São Paulo e articulista do Estado; e Marcelo Beraba, diretor da sucursal do Rio de Janeiro do Estado e membro da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), são os únicos palestrantes do Brasil.

Bucci falará aos palestrantes na terça-feira e Beraba, no dia de encerramento. Liberdade de informação, influência sofrida pelos meios de comunicação e isenção jornalística estão entre os assuntos programados.

Além dos brasileiros e paraguaios, ministrarão representantes da imprensa de Chile, México, Espanha, Peru e Argentina. A organização do evento ainda aguarda a confirmação oficial do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, chamado a encerrar os debates.

Promovido pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), pela Associação de Jornalistas Europeus (APE) e pela Fundação Novo Jornalismo Ibero-americano (FNPI), o Fórum antecederá a 21.ª Cúpula de Chefes de Estado e de Governo, agendada para os dias 28 e 29, também na capital paraguaia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.