José Carlos Blat é afastado do GAECO

O promotor José Carlos Blat foi afastado do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), onde estava lotado desde l998, de acordo com portaria do Procurador Geral da Justiça, Luiz Antônio Guimarães Marrey publicada hoje no Diário Oficial. Blat, que está em férias, reassume em março suas funções de 13º promotor de justiça criminal no fórum da Barra Funda.Marrey garantiu que o afastamento de Blat é um "simples ato administrativo de remanejamento interno", e explicou que os grupos de atuação especial, como o GAECO são integrados por promotores livremente designados pelo procurador geral de justiça, podendo ser remanejados a qualquer tempo.No GAECO, Blat atuou em casos rumorosos que foram levados à Justiça e culminaram em pesadas condenações, como o da máfia dos fiscais na Prefeitura, o da favela Naval, o da corrupção policial na Cracolândia, o de funcionários fantasmas no Anhembi, entre outros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.