José Dirceu terá encontro com FHC

O presidente nacional do PT, José Dirceu, deixou por volta das 2 horas o velório do prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), que acontece no saguão de entrada da Câmara Municipal da cidade. Na saída, ele declarou que o partido ainda vai estudar as medidas a serem tomadas em relação às ameaças de morte que vários prefeitos petistas vêm recebendo. "Vamos enterrar primeiro o prefeito e depois decidir o que fazer." Dirceu disse ainda que irá a Brasília, provavelmente na terça-feira, juntamente com o presidente de honra do PT, Luís Inácio Lula da Silva, para tratar do assunto com o presidente Fernando Henrique Cardoso. Por volta da 1h20, Lula deixou o velório, mas preferiu não conversar com a imprensa, apesar da insistência dos repórteres. Muito abalada, a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT), também já foi embora, sem dar declarações na saída.Durante a madrugada, também passaram pela Câmara a deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), o prefeito de Guarulhos, Elói Pietá (PT), a ex-prefeita de Santos, Telma de Souza, o prefeito de Ribeirão Preto, Antônio Palossi, o prefeito de Diadema, José Filipi Júnior (PT), a prefeita de Ribeirão Pires, Maria Inês Freire, a ex-mulher de Celso Daniel, Mirian Belchior, que atualmente ocupa a secretaria de Habitação e Inclusão Social do município de Santo André, o ex-presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vicentinho, e o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Luís Marinho.

Agencia Estado,

21 de janeiro de 2002 | 02h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.