Efe
Efe

Jovem atingida por tiro em carro do jogador Adriano passa por cirurgia

Disparo causou a fratura do dedo indicador da mão esquerda, o que tornou necessário a cirurgia

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

27 de dezembro de 2011 | 12h26

SÃO PAULO - A jovem Adriene Cyrilo Pinto, de 20 anos, baleada na mão na madrugada de sábado, 24, dentro do carro do jogador Adriano, passa por cirurgia nesta terça-feira, 27. O tiro causou a fratura do dedo indicador da mão esquerda, o que tornou necessário a cirurgia.

Ela foi internada no Hospital Barra d'Or, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, no último sábado, e a pedido de Adriene, a assessoria do hospital está impedida de passar informações sobre o procedimento cirúrgico.

O delegado titular da delegacia da Barra da Tijuca (16º DP), Fernando Reis, pretende fazer uma acareação entre Adriano e a jovem, porque considerou "gritantes" as contradições nos depoimentos colhidos até agora. Adriano e três testemunhas sustentam que foi a própria vítima quem fez o disparo quando brincava com a arma, enquanto Adriene aponta o jogador do Corinthians como o responsável pelo tiro acidental que a atingiu.

Mais conteúdo sobre:
adrianocorinthianstiroadriene

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.