Jovem baleada no litoral do PR tem alta do hospital

A moça, de 23 anos, está paraplégica em razão do tiro que levou; suspeito está preso

Fábio M. Michel, da Central de Notícias

23 Fevereiro 2009 | 19h00

A jovem M.P.L, de 23 anos, que estava internada no Hospital VITA Curitiba, na capital paranaense, desde o dia 2 de fevereiro - depois ter sido baleada, no litoral do Paraná - recebeu alta nesta segunda-feira, 23, às 17h30. O boletim médico foi assinado pelos médicos Jackson Baduy e Jaime Luís Lopes Rocha, diretor médico e infectologista daquele hospital.   Veja também: Delegado diz que jovem do Paraná não foi estuprada Defesa diz que suspeito de atacar casal no Paraná é debilitado Acusado de atacar casal em trilha é transferido para Curitiba DNA vai ajudar na busca Homem não disse que era guia turístico     M.P.L. está paraplégica em razão do tiro que levou. Ela e o namorado, Osíris del Corso, de 22 anos, foram atacados por um homem no Morro do Boi, em Matinhos, no dia 31 de janeiro. Osíris também foi baleado e morreu.   O suspeito de atacar o casal - Juarez Ferreira Pinto, de 32 anos - foi preso no dia 17, no Balneário Santa Terezinha, município de Pontal do Paraná. Ele foi denunciado a partir de um retrato falado elaborado pela Polícia Civil. A vítima chegou a reconhecê-lo como o autor dos crimes, mas a defesa do acusado alega que ele não teria condições físicas para cometer os crimes, por ter Aids e hepatite C e, por isso, teria a saúde debilitada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.