Jovem confessa que matou estudante que estava sumido

Um adolescente de 17 anos confessou à polícia que matou a tiros o estudante Felipe Silva Caffé, de 19 anos, que estava desaparecido havia uma semana, com a namorada Liana Friedenbach, 16. Ela continua desaparecida. O jovem levou os policiais de Embu-Guaçu, na Grande São Paulo, até o local em que disse ter deixado o corpo de Felipe, a cerca de 2 quilômetros do sítio abandonado na vizinha cidade de Juquitiba, onde o casal de namorados foi acampar no dia 31 de outubro. Ambos foram vítimas de um roubo.Segundo o delegado Silvio Balangio Junior, titular da Delegacia Seccional de Taboão da Serra, o adolescente preso afirmou ter agido em companhia de outro homem, conhecido como Pernambuco. Ele afirmou não saber o que aconteceu com a jovem, pois Liana ?ficou? com seu comparsa enquanto ele ?ficou com Caffé?. A polícia não sabe se ele está dizendo toda a verdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.