Jovem de 16 anos é libertada após duas semanas de seqüestro

Através de denúncia anônima, policiais militares foram informados sobre o paradeiro da adolescente T.N.S., de 16 anos, que foi seqüestrada há duas semanas pelo ex-namorado, A.H.C.B., de 17 anos. A garota foi levada pelo rapaz ao apartamento de um tio, no prédio da Rua Paim, 235, na esquina com aruá Avanhandava, no centro da cidade, onde foi mantida amarrada a uma cama.Em estado terminal por Aids, o tio do seqüestrador se viu impossibilitado de tomar qualquer providência. A polícia chegou ao local por volta das 21h00 desta terça e encontrou a vítima amarrada. O jovem seqüestrador foi apreendido e levado junto com a ex-namorada ao 4º Departamento Policial - consolação.Ele deverá ser encaminhado à Febem. Os policiais têm dúvida com relação ao seqüestro, pois suspeitam que a adolescente tenha ido para lá espontaneamente. Mesmo que isso tenha ocorrido, como o menor infrator argumentou, o fato de ela ter sido encontrada amarrada indica que foi impedida de partir, o que pode caracterizar, no mínimo, cárcere privado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.