Jovem é condenado por ofensas no Orkut

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou ontem a um ano e dois meses de prisão em regime aberto um jovem de Brasília acusado de cometer racismo na internet. O Ministério Público denunciou o rapaz porque teria escrito no site de relacionamento Orkut mensagens preconceituosas contra negros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.