Jovem é morto durante festa na Unicamp

Um jovem de aproximadamente 20 anos morreu na madrugada de hoje ao ser atingido por um tiro no pescoço dentro do Conjunto Residencial Universitário (CRU), a Moradia Estudantil da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O rapaz não portava documentos e sua identidade ainda é desconhecida. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital das Clínicas, mas chegou sem vida.Segundo o delegado Paulo Maurício Impossinatti, testemunhas disseram que o rapaz não é estudante da universidade. Ele teria participado de um aniversário na casa onde moram quatro garotas. Em depoimento informal, elas dizeram que não conheciam o rapaz e que não perceberam movimentação estranha no local. Na festa, havia cerca de 50 pessoas presentes. O vigia do CRU declarou aos policiais que por volta das 3 horas da manhã ouviu um disparo e viu uma pessoa sair correndo com uma arma. O vigia disse também que a Moradia tem acesso livre e que é a primeira vez que um homicídio acontece no local. Segundo a moradora Tatiana Murer Cavalcanti, mestranda em educação, é comum ocorrerem festas no local. "Toda festa pode ter pessoas não convidadas e já estamos discutindo uma forma de identificação para o acesso", disse ela. De acordo com o site da Unicamp, a Moradia Estudantil se destina a abrigar universitários, e a seleção anual obedece a critérios sócio-econômicos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.