Jovem é morto no Complexo da Maré em suposta troca de tiros

A área será ocupada pela polícia na manhã deste domingo, para futura instalação de Unidade de Polícia Pacificadora

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

28 Março 2014 | 22h52

RIO - Alexandre Rodrigues Bezerra, de 18 anos, foi morto na manhã de quinta-feira, 27, durante suposta troca de tiros com policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no complexo de favelas da Maré, na zona norte do Rio. A área será ocupada pela polícia na manhã deste domingo, para futura instalação de Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), mas já estão ocorrendo operações policiais na tentativa de prender criminosos.

Policiais do Bope promoviam uma dessas operações quando dois PMs trocaram tiros com Bezerra, que foi baleado e morreu. Foi feita perícia no local do tiroteio e os policiais entregaram suas armas para exame de balística.

Antes de completar 18 anos, Bezerra tinha sido apreendido três vezes pela polícia, todas por roubo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.