Jovem é morto por PMs quando tentava salvar a vida do pai

O entregador de pizza Bruno Ribeiro de Macedo, de 19 anos, morador da Favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio, morreu nesta sexta-feira, 3, tentando salvar a vida do pai. Ele foi baleado no rosto por policiais militares quando buscava socorro para levá-lo até um hospital próximo. O pai, João Rodrigues Ribeiro, de 77 anos, sofrera um derrame na casa da família, que fica na favela.Bruno estava em sua moto, acompanhado de um amigo, e foi atingido quando procurava um taxi. Ele teria sido confundido com criminosos por policiais do 3.º Batalhão que faziam o patrulhamento no local. Em depoimento na 25.ª Delegacia de Polícia, os dois PMs admitiram ter atirado. Segundo eles, o rapaz teria forçado o taxista a sair do carro. Os policiais foram afastados do patrulhamento pelo comando do 3.º BPM, que abriu uma sindicância para apurar o caso. As armas foram apreendidas.O pai de Bruno foi levado em uma Kombi por moradores do Jacarezinho, mas morreu a caminho do Hospital Salgado Filho, no Méier, onde Bruno morreu. A mãe, Célia Ribeiro de Macedo, passou mal ao saber o que tinha acontecido e foi atendida no mesmo hospital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.