Jovem em trabalho de parto percorre 3 hospitais no Rio

A estudante Suzane do Nascimento, de 19 anos, grávida de seis meses, só conseguiu ser atendida, no Rio de Janeiro, 11 horas depois de entrar em trabalho de parto. De acordo com a TV BandNews, a polícia teve de obrigar uma das casas de saúde a prestar socorro. A maternidade negou-se a atender Suzane alegando que a moça não havia feito exame pré-natal. Depois de uma bateria de exames, ela foi atendida e deu à luz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.