Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Jovem mata o pai com ajuda do namorado

Cansada de ser ameaçada pelo pai, Lírio Joaquim da Silva, de 48 anos, com quem vivia na mesma residência, na Penha, zona leste, Ligia Lírio da Silva, de 20 anos, resolveu matá-lo e, para isso, contou, segundo disse à polícia, com a ajuda do namorado, Ricardo Costa da Silva, de 18, que também morava com ela. Eram 4 horas da madrugada quando policiais militares do 8.º Batalhão, que realizavam um patrulhamento de rotina, viram o casal empurrando um carrinho utilizado para levar malas e bagagens e resolveram abordá-los. Ligia e Silva correram, mas ela foi detida. Preso ao carrinho, por meio de fios elétricos, estava o corpo do pai.No 10.º Distrito Policial, para onde foi levada, Ligia contou ao delegado Germano de Souza Willveit que seu pai costumava consumir muito álcool, ficava agressivo e passava a ameaçá-la fisicamente e que a mãe dela está presa por tráfico de entorpecentes. Ligia confessou que deu trinta facadas no pai enquanto o namorado o segurava. O plano era livrarem-se do corpo e para isso, o colocaram dentro de um saco de lixo, enrolaram num tapete e num lençol para levarem até um córrego onde jogariam o corpo, mas quando tentavam chegar ao seu destino, foram surpreendidos pela polícia. Ligia foi indiciada por homicídio, mas o namorado continua foragido.

Agencia Estado,

08 de março de 2003 | 12h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.