Jovem morre ao ser atingida por tampa de porta-malas de ônibus no Rio

Isabele Marcele Ferreira, de 25 anos, caminhava pela orla quando houve o choque; ela morreu na hora

Felipe Tau, O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2012 | 14h40

SÃO PAULO - A atendente Isabela Marcele Ferreira, de 25 anos,  morreu na manhã de domingo, 29,  após ser atingida na cabeça pela tampa do porta-malas aberto de um ônibus de turismo,  no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro. A jovem caminhava para o quiosque onde trabalhava, na Avenida Lúcio Costa, quando o veículo se chocou contra ela. Isabela morreu no local.

O ônibus passava  recolhendo os cones utilizados durante uma meia maratona realizado no momento e acabou atingindo Isabele, na orla. De acordo com a polícia, ele tinha autorização para trafegar pela avenida,  que estava totalmente interditada no momento por conta da competição. 

O motorista do ônibus, Luciano de Faria Sales, foi encaminhado à 42º DP (Recreio dos Bandeirantes), onde prestou depoimento. Ele vai responder por homicídio culposo - não intencional. O ônibus era da empresa Top Rio Viagens e Turismo LTDA e foi contratado pela Iguana Sports, organizadora da prova de atletismo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.