Jovem seqüestrada é libertada em Campinas

Uma estudante de 18 anos foi libertada em Campinas, quatro dias após ser seqüestrada. Houve pagamento de resgate, mas o valor não foi divulgado. A jovem é filha de um empresário e foi deixada às 23 horas de segunda-feira na Rodovia dos Bandeirantes, em Campinas. O nome da garota foi mantido em sigilo pela polícia, a pedido da família. Este foi o primeiro seqüestro iniciado e encerrado em Campinas, neste ano. No dia 2, uma adolescente de 17 anos foi libertada em Itapira depois de permanecer 44 dias em cativeiro. A família também pagou resgate. No ano passado, 31 seqüestros foram concluídos na região, 28 deles após os bandidos receberem dinheiro dos parentes. A polícia informou que, no mesmo período, prendeu 25 seqüestradores. A estudante de 18 anos foi levada de sua casa por três homens que invadiram a residência e renderam a família. Para os policiais da Delegacia Anti-Seqüestro de Campinas, a quadrilha que cometeu o crime é formada por iniciantes. Os policiais não deram maiores detalhes sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.