Jovem seqüestrado há 21 dias é libertado na zona sul de SP

Um jovem de 19 anos, de origem oriental, seqüestrado há 21 dias, foi libertado no início da madrugada desta terça-feira de um cativeiro, no Jardim Santa Cruz, no bairro de Campo Grande, zona sul da capital. Policiais militares receberam denúncia anônima e a Força Tática do 22º Batalhão seguiu para o local. Trata-se de habitação coletiva, com várias casas pequenas, ao longo de um corredor. A vítima estava na última, que foi alugada pelos criminosos para manter o refém. Segundo a Polícia, um adolescente era o encarregado de vigiar a vítima. Com ele policiais encontraram um revólver de calibre 38. O jovem foi encaminhado à Delegacia Anti-Seqüestro, para ser ouvido e encaminhado ao juiz da Vara de Infância e Juventude, que o enviará para a Febem. O refém, que é filho de um comerciante da mesma região, não apresentava ferimentos, mas foi encaminhado para o PS do Hospital Geral da Pedreira, para ser examinado. Ele foi apanhado pelos criminosos no dia 8 de fevereiro.

Agencia Estado,

27 Fevereiro 2007 | 03h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.