Jovens desaparecidos dizem estar próximos ao mar

Os jovens desaparecidos desde a manhã de sábado no Morro do Corcovado, em Ubatuba, fizeram novos contatos com as famílias, que moram em São Paulo, mas ainda não foram localizados. Os contatos foram feitos via celular. Segundo o Corpo de Bombeiros, eles dizem estar com fome e próximos ao mar. Ricardo Vieira Prata Silva e Fabiano Vilas Boas Cardoso, ambos de 20 anos, iniciaram uma trilha na manhã de sábado e horas depois avisaram que estavam perdidos. As buscas foram iniciadas na tarde de sábado pela Polícia Florestal e Corpo de Bombeiros e, em sistema de revezamento, continuam a procura. Uma equipe do Grupo de Operações Especiais foi chamada e auxilia nas buscas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.