Fase
Fase

Adolescentes fazem motim em unidade socioeducativa em Porto Alegre

Mais de 60 dos 145 menores infratores participaram de rebelião e ameaçaram atear fogo em colchões; não houve feridos

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2017 | 04h46
Atualizado 20 de junho de 2017 | 08h23

SÃO PAULO - Um grupo de adolescentes infratores organizou um motim em uma das unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase) de Porto Alegre, no fim da noite desta segunda-feira, 19. A situação foi controlada em 15 minutos sem nenhum ferido, conforme a instituição. Ao menos 62 adolescentes internados em uma ala provisória ameaçaram atear fogo em colchões, perto das 23 horas.

 A Brigada Militar foi chamada para fornecer medidas preventivas de segurança, informou a Fase. Houve ainda revista nos dormitórios para manter a segurança. 

Uma das motivações do motim seria a superlotação da unidade. A Fase abriga hoje 145 jovens, mas sua capacidade é para 80. 

Mande sua notícia

Quais problemas você enfrenta no trânsito e no caminho para o trabalho? O metrô parou? Viu uma manifestação na cidade? Presenciou um acidente ou algo inusitado? Fotografou ou filmou um fato e quer compartilhar? Os usuários de WhatsApp podem agora usar o aplicativo para colaborar com o Estado. Envie vídeos, fotos ou apenas o seu relato ou ideia de pauta pelo número (11) 9-7069-8639. Suas sugestões serão apuradas por um repórter e podem ajudar as pessoas. Participe.

Mais conteúdo sobre:
Porto Alegre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.