Jovens são baleados ao saírem de festa em MG

A tentativa de homicídio ocorreu depois de uma briga numa boate, onde ocorria uma festa

Eduardo Kattah, do Estadão

23 Julho 2007 | 17h23

Dois jovens foram baleados na madrugada desta segunda-feira, 23, durante uma perseguição após saírem de uma casa noturna de classe média alta, no shopping Altavilla, em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte.   A tentativa de homicídio ocorreu depois de uma briga na boate Hard Rock Cafe, onde ocorria uma festa de música funk e hip hop. Conforme a Polícia Militar, após a confusão, um grupo de cinco jovens deixou o local por volta das 4h em um Palio e seguiu em direção à capital mineira. O veículo foi perseguido um outro carro.   No bairro Sion, zona sul de Belo Horizonte, os ocupantes dispararam pelo menos oito vezes contra o veículo dos jovens.    Geovane Lopes Ramos, de 25 anos, foi baleado na nuca e Alan Alonso Martins, 24, atingido por um tiro nas costas. Os dois foram socorridos e levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.   Segundo a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) Alan foi submetido a uma cirurgia no abdome e não corre risco de morrer. O estado de saúde de Geovane é considerado estável. A bala, conforme a Fhemig, atingiu a região cervical, mas não ficou instalada no corpo. Os dois jovens são vizinhos. As vítimas disseram aos familiares que uma garrafa de uísque foi o motivo da confusão na boate.   De acordo com o delegado seccional de Nova Lima, Sérgio da Silva, os outros ocupantes do Palio disseram que os tiros partiram de "pessoas desconhecidas". Até o momento, nenhum suspeito foi preso. O delegado disse que o caso será investigado pela Divisão de Crimes contra de Vida de Belo Horizonte. O supervisor do Hard Rock Cafe, Pedro Loureiro, disse que constituiu uma equipe para apurar os acontecimentos.   "Houve discussões corriqueiras", afirmou. Ele destacou que o estabelecimento não se responsabiliza pelos acontecimentos ocorridos fora de suas dependências. A assessoria da boate informou que os envolvidos com a briga foram retirados do local, "como é de costume".

Mais conteúdo sobre:
Morte briga jovens festa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.