Juiz absolve acusados de seqüestrar repórter

O juiz Djalma Rubens Lofrano Filho, da 7ª Vara Criminal de São Paulo, absolveu Simone Barbaresco, Ivan Barbosa e Anderson de Jesus, suspeitos de participar do seqüestro do repórter Guilherme Portanova e do cinegrafista Alexandre Coelho Calado, funcionários da Rede Globo, em 12 de agosto de 2006, em uma ação comandada pelo PCC. Eles foram acusados de roubo, seqüestro e formação de quadrilha. O juiz disse que a ação do MP era "improcedente, pois não foram reunidas nos autos provas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.