Juiz de Nova Iguaçu é vítima de seqüestro-relâmpago

O juizde Direito Walter Nascimento Reis, titular da 2.ª Vara Cível de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, foi vítima nas últimas horasde um seqüestro-relâmpago. O magistrado foi abordado por dois homens pouco depois de deixar o Fórum Regional da cidade,em seu carro particular. O juiz foi obrigado a entregar cartões bancários aos ladrões e percorrer diversos caixas eletrônicos.Walter Nascimento Reis chegou a ser colocado no porta-malas de seu carro e ameaçado de morte por diversas vezes pela duplade assaltantes. Eles diziam que se a senha do cartão não conferisse iriam metralhar o carro com o juiz dentro. Os ladrões rodaram por mais de quatro horas por diversos bairros da cidade e abandonaram o veículo com o juiz preso noporta-malas na subida da favela do Trajano, no bairro da Abolição, na zona norte. O magistrado disse que daqui para frentemudará sua rotina ao deixar o fórum, fazendo diversos trajetos diferentes. Ele saiu ileso e os assaltantes não foram localizadospela polícia. As informações são da Agência Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.