Juiz decreta prisão preventiva de Suzane von Richthofen

O juiz Richard Francisco Chequini, do Tribunal do Júri, decretou no começo da noite desta segunda-feira, 10, a prisão de Suzane von Richthofen, acatando pedido do promotor Roberto Tardelli. Para o promotor, após pedir à Justiça para tomar conta do patrimônio dos pais, como informou o Estado, no sábado, 8, Suzane passou a representar ameaça de vida ao irmão, Andreas, que cuida dos bens da família.Suzane é ré confessa do assassinato dos pais, Manfred e Marísia von Richthofen, junto com seu ex-namorado Daniel Cravinhos e o irmão dele Christian, em 31 de outubro de 2002, em São Paulo. Ontem, foi exibida uma entrevista que Suzane concedeu ao Fantástico, da Rede Globo, na qual a jovem aparece sendo orientada por seu advogado, Mário de Oliveira Filho, que a representa junto com seu irmão, Mário Sérgio de Oliveira.Na reportagem, a jovem aparece chorando (ou fingindo chorar), diz que foi forçada pelo namorado a planejar a morte dos pais e que quer voltar a ter uma vida. Em seguida, a emissora exibiu trechos da gravação em que o advogado Mário Sérgio orienta Suzane a chorar e a interromper a entrevista, como foi feito seguidas vezes. O julgamento de Suzane e dos irmãos Cravinhos foi marcado para 5 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.