Juiz determina apreensão no BB para pagar vítimas do Palace

O juiz em exercício da 4ª Vara Empresarial, Luiz Felipe Salomão, determinou hoje a busca e apreensão de R$ 1,13 milhão nas agências do Banco do Brasil para que sejam cumpridas as ordens de pagamentos das primeiras dez vítimas do edifício Palace 2, que desabou em 1998, matando oito moradores.O banco não fez o depósito porque a Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 24,2 milhões na conta judicial para o pagamento de dívidas com impostos do ex-deputado Sérgio Naya. O advogado das vítimas, Nélio Andrade, informou que oficiais de Justiça acompanhados de policiais irão às agencias do banco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.