Juiz manda demolir casa do ex-governador de RR

O juiz Helder Girão Barreto mandou demolir casa do ex-governador de Roraima Neudo Campos (PP) em Pacaraima. O imóvel de dois andares, três quartos, escritório e ampla sala, fica a 18 metros da fronteira com a Venezuela. O acordo entre os dois países impede qualquer construção a menos de 30 metros da linha da fronteira. O juiz disse que vai se manifestar hoje sobre o caso.

Cyneida Correia, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2011 | 00h00

A ação contra a construção, ajuizada pelo Ministério Público Federal em 2007, foi movida com base em um comunicado da Venezuela sobre a ilegalidade da construção. Segundo a ação, além de a casa do ex-governador estar muito próxima ao país vizinho, a construção também invade a terra indígena de São Marcos. Neudo entrou ontem com embargo na Justiça Federal contra a decisão.

Ele afirma que a casa foi construída antes do acordo e ficava a mais de 100 metros dos marcos fronteiriços. "Fui até acusado de ter removido o marco, o que não é verdade. Nunca faria isso. Considero e respeito a Venezuela e antes de tudo sou brasileiro. Tenho compromisso com ambos os países", defendeu-se Neudo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.