Juiz Nicolau volta para casa em SP

O juiz aposentado Nicolau dos Santos Neto deixou a carceragem da Polícia Federal, na Zona Oeste da capital paulista, na noite desta sexta-feira. Nicolau, que foi condenado a oito anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e tráfico de influência no escândalo do desvio de verbas do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP), deixou a sede da PF em uma ambulância e com escolta. Mais cedo, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Nilson Naves, havia concedido liminar em pedido de habeas corpus do juiz, para que ele cumpra pena em casa. Nilson Naves considerou satisfatório o laudo médico apresentado pela defesa e assinado pelo cardiologista José Maria Ayres. O laudo diz que o juiz se encontra com depressão reativa grave, hipertensão arterial e labirintopatia. Naves também solicitou um parecer da Polícia Federal. O corregedor regional em São Paulo atestou que não há dependências adequadas na nova sede da superintendência para acomodar o juiz e sugeriu a transferência de Nicolau. O Juiz Nicolau cumpre pena em regime semi-aberto desde dezembro de 2000 na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.