Juiz se diz ameaçado por empresários de jogadores

O juiz Lafredo Lisboa, da 3ª Vara Federal do Rio, pediu nesta segunda-feira ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, abertura de inquérito para apurar se há envolvimento dos empresários de jogadores de futebol Alexandre Martins e Reinaldo Pitta num esquema para assassiná-lo. Lisboa condenou em outubro 22 pessoas, entre as quais Martins e Pitta, pelo envio ilegal de US$ 33,4 milhões ao exterior ? e se sentiu ameaçado pelo teor de uma entrevista na revista Isto É.Nela, o programador Fabiano de Oliveira Costa, condenado a 14 anos por assalto e tráfico de drogas, diz que integrantes do Comando Vermelho teriam prometido executar Lisboa se Martins e Pitta fossem condenados. Os dois foram condenados a pena de 11 anos de detenção definida em sentença do juiz da 3ª Vara Federal. ?A partir de agora, se eu for morto, agredido ou receber uma fechada no trânsito, a eles (os empresários) será atribuída a responsabilidade pelo fato?, disse Lisboa, que interrompeu férias e convocou a imprensa para uma entrevista.Martins e Pitta estão em liberdade por causa de uma liminar concedida em habeas-corpus pelo desembargador federal André Koslowsky. No final da tarde, o Ministério Público Federal requisitou à Polícia Federal que investigue os fatos narrados na reportagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.