Juiz tira presos de delegacia superlotada

O juiz Roberto de Paula, de Bacabal (MA), a 350 km de São Luís, determinou que cinco presos que estavam nas celas da delegacia da cidade passassem a cumprir prisão domiciliar. O motivo: a superlotação das duas celas da delegacia. Três detidos por homicídio e dois por roubo estão doentes e, segundo o juiz, não tinham condições de dividir o mesmo espaço com detentos saudáveis. Até quarta-feira, as duas celas, com capacidade para 16 presos, abrigavam 32.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.