Juíza determina fechamento de unidade da Febem

A juíza Mônica Ribeiro de Souza Paukoski, do Departamento de Execuções da Infância e Juventude, determinou nesta quarta-feira o fechamento definitivo da Unidade Educacional 31 e da Unidade Provisória 1 do Complexo de Franco da Rocha da Febem, em 90 dias.A decisão tem como principal argumento o fato de que Franco da Rocha mascara um "verdadeiro regime presidiário" e "inviabiliza qualquer proposta pedagógica ou reeducativa eficaz aos adolescentes".A mesma juíza já havia determinado o fechamento da unidade 30 de Franco da Rocha em dezembro de 2002. A Febem recorreu e o Tribunal de Justiça (TJ) - como faz há anos - suspendeu o fechamento. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) já prometeu que a unidade será desativada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.