Juíza recorre ao STF contra aposentadoria

MATO GROSSO

, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2010 | 00h00

A juíza Maria Cristina Oliveira Simões, aposentada compulsoriamente pelo Conselho Nacional de Justiça, entrou com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para tentar voltar ao cargo. Ela faz parte de grupo de juízes punidos pelo CNJ por desvio de R$ 1,4 milhão. A defesa alega que a aplicação da pena máxima prevista na Lei Orgânica da Magistratura se deu sem "devida fundamentação".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.