Julgamento de acusados de matar estudante é iniciado em MG

Aline Silveira Soares, então com 18 anos, teria sido assassinada durante ritual macabro em partida de RPG

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

02 Julho 2009 | 01h29

A primeira etapa do julgamento dos quatro acusados de matar a estudante Aline Silveira Soares, em Ouro Preto, em 14 de outubro de 2001, terminou no início da madrugada desta quinta-feira, 2. A estudante, que na época tinha 18 anos, foi assassinada durante um suposto ritual macabro, numa partida de RPG (Role Playing Game), em que os jovens teriam ingerido álcool e drogas.

 

O corpo da jovem foi encontrado no cemitério da Igreja Nossa Senhora das Mercês e Misericórdia com 17 perfurações. Ela estava com os braços abertos e os pés cruzados, como se tivesse sido crucificada. Estão sendo julgados no Tribunal de Justiça de Minas Gerais Camila Dolabella Silveira, de 27 anos, prima da vítima, Edson Poloni Lobo de Aguiar, Cassiano Inácio Garcia, e Maicon Fernandes Lopes, os três atualmente com 28 anos.

 

O sessão de julgamento desta quarta-feira durou 9 horas, com o depoimento de 12 pessoas. O reinício está marcado para às 12 horas desta quinta-feira.

 

Texto atualizado às 2h45

Mais conteúdo sobre:
Aline Silveira Soares RPG

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.