Júri absolve estudante que matou campeão de motocross

Depois de quase 20 horas de julgamento, o Tribunal de Júri de São Roque, na região de Sorocaba, absolveu hoje o estudante Eron Germin, de 24 anos, acusado da morte do campeão de motocross Fábio Martins, há cinco anos. O crime ocorreu próximo do centro da cidade, depois de um desentendimento por causa de uma garota. Germin golpeou o esportista quatro vezes com um punhal e fugiu. Filho de um oficial da Aeronáutica, o acusado permaneceu foragido durante quatro anos. Ele foi preso no Estado do Mato Grosso, depois que o caso foi mostrado em um programa de televisão. O júri entendeu que Germin agiu em legítima defesa. Absolvido da denúncia de homicídio doloso qualificado, o estudante foi condenado a 1 ano de prisão em regime aberto por homicídio culposo. Germin já foi colocado em liberdade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.