Júri de Pimenta Neves é confirmado para 3 de maio

O julgamento do jornalista Pimenta Neves está confirmado para o dia 3 de maio, às 8 horas, segundo o juiz Diego Ferreira Mendes, de Ibiúna, interior de São Paulo, que presidirá o júri.O ministro Hélio Quaglia Barbosa, do Superior Tribunal de Justiça, revogou a liminar concedida no mês de março que suspendia o júri do jornalista. O juiz estuda, agora, como será a acomodação das pessoas que vão participar do julgamento, já que o plenário do fórum não dispõe de lugares para o número esperado de pessoas.Pimenta Neves matou, em 20 de agosto de 2000, sua ex-namorada e ex-subordinada Sandra Gomide. O homicídio, premeditado, deve ser examinado junto com os agravantes de motivo torpe e pela falta de chance de defesa da vítima.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.