Justiça aceita denúncia contra policiais do Garra

A 2ª Vara Criminal de Suzano, na Grande São Paulo, aceitou a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) contra 13 policiais civis do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) de Mogi das Cruzes. O grupo é acusado de achacar donos de desmanches de veículos, casas de prostituição e máquinas caça-níquel. Faziam parte do suposto esquema 11 investigadores e dois delegados, um deles Eduardo Peretti Guimarães, apontado como chefe da organização criminosa. O interrogatório dos réus está marcado para 7 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.