Justiça autoriza transferência de presos do Rio

Ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, afirmou nesta quarta que já colocou à disposição do Estado cerca de 50 vagas nos quatro presídios federais

Luciana Fadon Vicente e Solange Spigliatti, Central de Notícias

24 Novembro 2010 | 15h21

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça do Rio autorizou nesta terça-feira, 23, a transferência de oito presos do Rio de Janeiro para a penitenciária federal de Catanduvas, no Paraná.

 

Segundo o TJ, serão transferidos Willian Rodrigues Vieira ("Robocop"), Márcio Aurélio Martinez Martelo ("Bolado"), Antonio Jorge Gonçalves dos Santos ("Tony Senhor das Armas"), Wanderson da Silva Brito ("Paquito"), Roberto Célio Lopes ("Robertinho do Vigário"), Marcelo Tavares da Silva ("Marcelo Abóbora"), Claudio Henrique Mendes dos Santos ("Chuca ou Dr. Santos") e Mauri Alves Ribeiro Filho (Cocó).

 

Rondônia. A Secretaria de Defesa do Estado do Rio de Janeiro confirmou hoje que um outro grupo de presos suspeito de participação na onda de crimes nos últimos dias pode ser transferido para Porto Velho, em Rondônia, onde há disponibilidade de vagas.

 

Na manhã de hoje, o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, afirmou que já colocou à disposição do Rio de Janeiro cerca de 50 vagas nos quatro presídios federais, Catanduva, no Paraná, Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Porto Velho, em Rondônia, e Mossoró, no Rio Grande do Norte, para a transferência dos presos.

 

Após a confirmação por parte de Rondônia, o caso será passado para a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária, que deverá cuidar da transferência dos presos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.