Justiça barra despejo de 130 famílias

O Tribunal de Justiça de São Paulo suspendeu uma liminar que determinava o despejo e a demolição de 130 moradias de Sorocaba. A decisão deve vigorar durante o julgamento de recurso contra a ordem de reintegração de posse. Antes da suspensão, 11 famílias foram despejadas e tiveram as casas parcialmente demolidas. Elas agora retornam para as casas em ruínas. A prefeitura discute como auxiliar os moradores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.