Justiça bloqueia bens de donos da Di-All

A Justiça bloqueou ontem os bens de Rogério Lopes da Silva e José Maria Maranhão, proprietários da Di-All Química, e de Tsuneo Honji, proprietário do imóvel onde funcionava a empresa que armazenava produtos químicos e pegou fogo em Diadema. A decisão é da juíza Cecília Maria Denser de Sá Astoni. O bloqueio vale para a mulher de Maranhão, Eliana Aparecida dos Santos Maranhão. O Ministério Público pediu o bloqueio para assegurar uma possível execução decorrente da ação civil pública proposta contra a Di-All por dano ambiental.

, O Estadao de S.Paulo

23 de abril de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.