Polícia Civil do Rio de Janeiro
Polícia Civil do Rio de Janeiro

Justiça decreta prisão de suspeito de matar ambulante na praia de Copacabana

Irisvaldo de Souza Santana, de 23 anos, teria assassinado Odair dos Santos por disputa de ponto de vendas; ele já é considerado foragido

Ludimila Honorato, O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2017 | 01h42

SÃO PAULO -  A Justiça do Rio de Janeiro decretou no último domingo, 24, durante plantão judiciário, a prisão temporária de Irisvaldo de Souza Santana, de 23 anos, acusado de matar a tiros o vendedor ambulante Odair dos Santos, de 31 anos, na praia de Copacabana, zona sul do Estado.

Santana foi identificado pela polícia e já é considerado foragido. A Polícia Civil do Rio de Janeiro divulgou a fotografia dele para tentar obter informações que ajudem na sua captura.

O crime ocorreu na manhã de sábado, 23, na altura do Posto 5. De acordo com informações da Polícia Militar, dois homens discutiam com Santos quando um deles sacou uma arma e atirou quatro vezes contra ele.

A vítima foi levada ao Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo as investigações, o motivo do homicídio seria a disputa de espaço na praia para a venda de produtos. De acordo com o Disque-Denúncia, a vítima e o suspeito brigavam há três meses por questões como os preços cobrados pelas mercadorias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.