Justiça decreta prisão preventiva de aloprado

O juiz federal da 1.ª Vara da Justiça Federal do Estado, Sebastião Julier da Silva, determinou a prisão preventiva do aloprado Valdebran Padilha e de seu irmão Waldemir. Presos durante a Operação Hygea da Polícia Federal, os dois são acusados de suposto esquema de desvio de verbas da Funasa e dos Ministérios das Cidades e Saúde. Além dos irmãos Padilha, a Justiça determinou a prisão preventiva de outras dez pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.