Justiça deve ouvir hoje três réus no processo da morte de Eliza Samudio

Depoimentos estavam previstos para começar às 8h30; acusados já estão no Fórum de Contagem

Julia Baptista - Central de Notícias,

09 Novembro 2010 | 10h10

SÃO PAULO - A juíza Marixa Fabiane Lopes vai ouvir nesta terça-feira, 9, três dos nove réus no processo do sequestro e morte da ex-amante do goleiro Bruno Fernandes, Eliza Samudio.

 

Veja também:

link Plano também era matar filho de Eliza, diz ex-mulher de Bruno

 

Flávio Caetano de Araujo, Emerson Marques de Souza - o Coxinha - e Sérgio Rosa Sales deveriam começar os depoimentos às 8h30, mas a audiência ainda não havia iniciado uma hora depois. Os réus já chegaram ao Fórum de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

 

Ontem, a ex-mulher do jogador, Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, em cinco horas de depoimento, confirmou que Bruno temia uma "armação" por parte de Eliza e revelou que teve informação de que o braço direito do jogador, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, planejava matar a ex-amante do goleiro e o bebê que seria fruto do relacionamento com Bruno.

 

Dayanne afirma que soube disso pelo primo do goleiro Sérgio Rosa Sales. Ele, por sua vez, teria ouvido o plano de outro primo de Bruno, um rapaz de 17 anos detido pelo crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.