''Justiça é rápida só para um lado''

José Rainha Júnior, Líder de uma das alas do Movimento dos Sem-Terra (MST)

, O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2011 | 00h00

José Rainha Júnior, líder da ala do MST que turbinou o "janeiro quente", quer que o governo assente 8 mil famílias na região do Oeste Paulista.

Qual o objetivo das ações?

Somadas, as terras devolutas chegam a 200 mil hectares. O governo estadual precisa se entender com o governo federal e antecipar a obtenção das terras.

O que pode ser feito para resolver esses conflitos na região?

Arrecadar terras, mas isso depende do governo e da Justiça. Ela é rápida só para um lado. No fim de semana, alguns juízes já deram liminar para despejar os sem-terra. Se a Justiça for sempre rápida assim, parabéns.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.