Justiça Eleitoral nega multa ao Sensus

ELEIÇÕES

, O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2010 | 00h00

A Justiça Eleitoral indeferiu ontem o pedido do PSDB de aplicação de multa ao instituto de pesquisa Sensus. De acordo com a decisão do relator, não houve qualquer irregularidade no registro e prazo de divulgação da pesquisa sobre a corrida eleitoral para presidente. Os tucanos questionavam o levantamento, que apontou empate técnico entre José Serra (PSDB) e Dilma Rousseff (PT). A pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 9 de abril, e divulgada no dia 13. Depois de fazer uma auditoria no instituto, os tucanos entraram com uma representação no Ministério Público Eleitoral pedindo abertura de inquérito para investigar a pesquisa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.