Justiça expulsa quem vendeu casas do programa na BA

Duas liminares expedidas ontem pela Justiça Federal determinam que dois apartamentos do Residencial Nova Conceição, de Feira de Santana (BA), 110 quilômetros a oeste de Salvador, primeiro conjunto do programa Minha Casa, Minha Vida a ser entregue no País, sejam desocupados em até 30 dias pelos moradores e devolvidos à Caixa Econômica Federal. Segundo a decisão, foi comprovado, como denunciou o "Estado" em 21 de janeiro, que os imóveis foram ilegalmente revendidos. A Caixa deverá repassá-los a outros inscritos.

TIAGO DÉCIMO, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2011 | 00h00

Em comunicado, a Caixa informa que nem ela nem o governo federal "vão tolerar" atitudes que "pretendam desviar a finalidade" do programa. Há outros nove pedidos similares de liminar já sendo julgados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.