Justiça extingue pena de Paula Thomaz

Por unanimidade, a 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio concedeu indulto à co-autora do assassinato da atriz Daniela Perez, Paula Thomaz. A decisão, que extingue totalmente a pena de Paula, se baseou no fato de ela ter um filho menor de 12 anos e ser menor de 21 anos à época da condenação.Além disso, seu comportamento durante a prisão foi considerado exemplar e ela ficou detida por mais de um terço da pena. Paula foi condena a 18 anos e seis meses de prisão, tempo que depois foi reduzido para 15 anos. Em 1999, recebeu liberdade condicional depois de quase sete anos na cadeia. O outro assassino de Daniela Perez, o ator Guilherme de Pádua, conseguiu indulto no ano passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.