Justiça interdita maior presídio do Ceará

O juiz Roberto Viana Diniz de Freitas, de Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza, interditou parcialmente ontem o Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), o maior presídio do Ceará. O juiz acatou parecer do Ministério Público, que pedia a interdição por causa da superlotação que tem provocado conflitos constantes entre os internos. Somente neste ano, 13 presidiários foram mortos por companheiros de cela. Com capacidade para 950 detentos, o IPPS abriga atualmente 1.280.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.