Justiça julga greve dos motoristas em São Paulo nesta terça

Uma nova audiência de conciliação entre representantes do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus, do sindicato dos donos de empresas, a Transurb, e da São Paulo Transportes (SPTrans), foi marcada para esta terça-feira, às 11h30, pelo vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região, juiz JoãoCarlos de Araújo, depois que, na reunião de mais de três horas de duração ocorrida nesta segunda-feira, não se chegou a nenhum acordo.Caso a nova reunião termine novamente sem acordo, a legalidade da greve será julgada pelo TRT às 17 horas desta terça. O presidente do Sindicato dos Motoristas, Edvaldo Santiago Silva, afirmou, no final da audiência desta segunda, que a manutenção da greve será decidida em assembléias que serão realizadas durante a madrugada nas garagens das empresas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.